0

Alimentos do almoço de Páscoa fazem bem ao coração

8 mar 2013
07h35
atualizado às 07h35
  • separator
  • comentários

O almoço de Páscoa tem como estrela o peixe, sempre acompanhado de vinho, e chocolates servidos na hora da sobremesa. Além de saborosos, eles fazem bem para a saúde do coração, pois são contêm substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias, componentes importantes para o bom funcionamento cardiovascular.

Para não restar dúvidas da importância desses alimentos na mesa, conheça, a seguir, as propriedades de cada um deles a favor do coração.

Peixe
Os peixes possuem alto teor de gorduras poli-insaturadas, em especial ácidos graxos do tipo ômega 3, além de bom teor de proteínas. “Eles auxiliam na proteção contra doenças cardiovasculares, no controle do colesterol e têm poder anti-inflamatório”, explica José Aroldo Gonçalves, nutricionista e professor da NutMed Cursos. Comprados frescos, bacalhau, sardinha, atum e salmão são os mais indicados para degustar na festividade e ainda fortalecer o organismo.

Vinho
Para proteger o coração, homens estão liberados para tomar até dois cálices de vinho no domingo de Páscoa, enquanto as mulheres podem consumir apenas uma dose. “Estudos vêm sendo realizados, em especial frente ao flavonoide resveratrol, presente nas uvas tintas. Essa substância é um poderoso antioxidante e um ótimo anti-inflamatório”, diz Aroldo.

Chocolate
Estrela gastronômica do mês, o chocolate - em especial o amargo - tem o poder de afastar as doenças cardiovasculares. “Por ser rico em flavonoides, ele pode reduzir o risco da formação de placas de gordura nas artérias, controlar a pressão arterial e atuar como antioxidante”, observa o especialista. Mas para alcançar o resultado positivo sem esbarrar em problemas relacionados ao peso, o recomendado é comer uma barrinha (cerca de 30 gramas) por dia.

Azeite
Esse óleo vegetal pode ser considerado básico na dieta de quem se preocupa com a saúde do coração, pois é rico em gorduras monoinsaturadas, que não interferem no colesterol sanguíneo. Além disso, contém fitoquímicos antioxidantes, composto que combate o envelhecimento celular. Para aproveitar todo o poder do azeite, não se deve aquecê-lo, apenas colocá-lo na comida já pronta.

Agência Hélice Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade