0

Estudo: adolescentes que discutem com pais resistem mais às drogas

20 jun 2012
19h29
atualizado às 19h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os pais tendem a evitar ao máximo discussões com adolescentes, mas saiba que elas podem ser positivas. De acordo com uma pesquisa da Universidade da Virgínia, nos Estados Unidos, elas fazem com que os filhos aprendam a expressar suas opiniões, o que os torna mais capazes de resistir à pressão de colegas para usar drogas e ingerir álcool. Os dados são do jornal britânico Daily Mail.

Filhos que aprendem a se expressar são mais capazes de resistir à pressão de colegas para usar drogas e ingerir álcool.
Filhos que aprendem a se expressar são mais capazes de resistir à pressão de colegas para usar drogas e ingerir álcool.
Foto: Getty Images

Os cientistas fizeram gravações de áudio e vídeo de 150 jovens de 13 anos discutindo com suas mães. Depois de três anos, questionaram os participantes sobre suas vidas e experiências com drogas e álcool. Os que foram confiantes e usaram a razão durante a “briga” se mostraram mais propensos a recusar os dois itens. “O que se passa na família é realmente um campo de treinamento para adolescentes em termos de como negociar com outras pessoas”, disse o pesquisador Joseph Allen. A equipe estimula as discussões, mas orienta os pais a terem “boas razões apresentadas de forma moderada” para que possam dar um bom exemplo.  

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade