0

Fazer "esquenta" causa mais ressaca, diz estudo

  • separator
  • comentários

Quem encara bebidas baratas antes de sair de casa para curtir a noite está fazendo uma falsa economia. Segundo pesquisa realizada na Suíça, divulgada pelo jornal Daily Mail, quem faz este "esquenta" acaba ingerindo o dobro de álcool, pois bebe a mesma quantidade no bar. Além disso, a pessoa se torna mais propensa a assumir um comportamento de risco, como usar drogas e fazer sexo sem segurança, e tem mais chance de sofrer com apagões e forte ressaca no dia seguinte.

Quem ingere álcool antes de sair de casa acaba bebendo quase o dobro durante a noite
Quem ingere álcool antes de sair de casa acaba bebendo quase o dobro durante a noite
Foto: Getty Images

 

Conheça cada estágio da embriaguez e evite passar mal
 
Uma a cada cinco pessoas entrevistadas no estudo relataram ter usado drogas, enquanto 8% transaram sem camisinha. Cinco por cento dos homens e 3% das mulheres também confessaram ter se machucado ou ferido outra pessoa depois do "esquenta". “Cerca de um terço de todo o consumo alcóolico vem dessas ‘pré-festas’, o que é uma taxa muito elevada. Considerando que o hábito leva a pessoa a consumir quase o dobro do álcool que consumiria durante a noite, o esquenta não deve ser subestimado do ponto de vista de saúde pública”, defendeu Florian Labhart, líder da pesquisa da instituição Addiction Switzerland.

"É importante que os jovens contem o número de bebidas que tomaram durante a noite e lembrem-se quantas já tinham ingerido antes de chegar ao bar, balada ou festa”, aconselha Labhart. Já Sharon Kenney, coautora do estudo, acredita que depois das primeiras doses o ideal é se acalmar e evitar jogos que envolvam álcool. 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade