inclusão de arquivo javascript

Medo não tem muita eficácia no tratamento de dependentes químicos | Blog do Cyro Masci
Medo não tem muita eficácia no tratamento de dependentes químicos  | Blog do Cyro Masci

Blog do Cyro Masci

Medo não tem muita eficácia no tratamento de dependentes químicos

0 Comentário

As campanhas publicitárias, e o próprio aconselhamento médico, tentam motivar as pessoas que tem dependência química a modificar suas vidas mostrando todos os malefícios do problema. Prova disso são as fotos nos maços de cigarros.

Um novo estudo realizado na Universidade de Indiana (USA) indica, porém, que possivelmente essa não seja uma boa estratégia. Pesquisadores descobriram que as áreas do cérebro responsáveis pela avaliação de riscos nas pessoas com dependência química funciona de modo diferente quando comparadas com pessoas sem esse problema.

Em outras palavras, pessoas com dependência química não conseguem avaliar os riscos do abuso de substâncias químicas,  já que as áreas de seu cérebro responsáveis por essa avaliação não recebem essa mensagem da forma que deveria.

A consequência é que as campanhas e aconselhamento possivelmente devam enfocar não as desvantagens do uso, mas as vantagens da abstinência, os benefícios de não utilizar a química.

Veja mais detalhes no vídeo abaixo:

 

 

 

Atenção: as informações veículadas neste blog não substituem orientação médica. Consulte e siga sempre as orientações de seu médico.

Cyro Masci Cyro Masci

Cyro Masci

É médico (CRM-SP 39126), clínico geral e psiquiatra. Atua com foco na vitalidade, saúde e qualidade de vida. É responsável pelo portal especializado em vitalidade integral



compartilhe e assine o blog




Sorry, your browser does not handle frames!<a href="http://www.terra.com.br/"> terra </a>

 
 
Leia também X DESIDRATAÇÃO INTERNA 25 PESSOAS POR DIA EM S. PAULO