Doenças e Tratamentos

publicidade

Como saber se o parceiro tem HPV? Tire 11 dúvidas

Fred Wyand, diretor de comunicações da Associação Americana de Saúde Sexual, responde as principais dúvidas sobre a doença

Muito se fala sobre o HPV, mas você sabe realmente o que é, como se evita e trata? Confira abaixo essas e outras respostas, listadas por Fred Wyand, diretor de comunicações da Associação Americana de Saúde Sexual, e divulgadas pelo site da revista americana Cosmopolitan
 
O que é HPV?
Papilomavírus Humanos (HPV) é um grupo de vírus que infectam a pele. Há mais de 100 tipos diferentes de HPV, sendo que alguns levam a verrugas genitais ou alterações celulares anormais no colo do útero, que podem causar câncer. Outros tipos não são sexualmente transmissíveis e podem aparecer como verrugas nas mãos ou pés.
 
Meu ginecologista disse que tenho HPV. Quão perigoso é?
Não se preocupe, o HPV é normal. Estima-se 14 milhões de novas infecções nos Estados Unidos a cada ano e que 75% dos adultos sexualmente ativos terão HPV genital em algum momento de suas vidas. Embora possa evoluir para uma doença grave (câncer do colo do útero, vagina, vulva, ânus, cabeça, pescoço ou boca), 90% dos casos são totalmente inofensivos e somem naturalmente. É fundamental fazer papanicolau regularmente para identificar o problema e tratá-lo. 


 Homens também têm HPV?
Sim, mas, como todas as doenças sexualmente transmissíveis, as mulheres são mais vulneráveis.
 
Como se contrai HPV?
É transmitido por meio do contato entre peles. Pode ser por meio do sexo vaginal, anal ou oral, ou ainda só de encostar nos órgãos genitais de um parceiro infectado.
 
Como posso me proteger?
Preservativo reduz as taxas de transmissão, embora você ainda possa ter HPV por meio do contato com a pele ao redor do pênis de um homem. Opte por camisinhas sem espermicida, porque os produtos químicos dele podem causar irritação e inflamação, o que facilita a transmissão da doença.

Devo tomar a vacina?
Sim, é incrivelmente eficaz. Mas vale lembrar que não protege contra todos os tipos de vírus da doença. 

Embora seja geralmente assintomático, o HPV tem grande chance de apresentar verrugas genitais
Foto: Getty Images

Como posso saber se tenho HPV?
Embora seja geralmente assintomático, há uma chance de apresentar verrugas genitais. O ginecologista também verifica alterações cervicais anormais desencadeadas pelo HPV como parte dos exames de rotina. 
 
Tenho algumas protuberâncias estranhas ao longo da linha da calcinha. O que devo fazer?
Marque uma consulta com seu ginecologista. Pelos encravados e outras irritações da pele são muitas vezes confundidos com verrugas. Se forem verrugas, o médico pode eliminá-la, mas não significa que esteja livre do HPV. 
 
O que posso fazer para me livrar do HPV?
Não há cura médica, mas cerca de 90% dos casos são resolvidos naturalmente pelo sistema imunológico em dois anos. Mesmo depois que desaparece, pode reaparecer mais tarde, especialmente se o sistema imunológico estiver enfraquecido. Para aumentar as chances de eliminar, não fume (cigarro pode dificultar a resposta imune), coma bem, durma o suficiente, pratique exercícios fiscos e aposte em vitaminas do complexo B. 
 
Como posso saber se o parceiro está infectado?
A coisa frustrante sobre HPV é que não há como saber se o parceiro tem, a menos que ele apresente verrugas no pênis, escroto, ânus ou na virilha. E não há um teste para os homens. Então, aposte na sua segurança usando um preservativo.
 
Meu namorado e eu temos HPV. Como podemos nos proteger de passá-lo mais ainda entre nós?
O uso de preservativos pode ajudar a se “limpar” do vírus mais rápido. 

Ponto a Ponto Ideias