0

Dois refrigerantes por dia são suficientes para danificar os rins

Pessoas que tomam dois refrigerantes por dia apresentaram proteinúria, o aumento da excreção de proteína na urina

11 nov 2013
12h53
atualizado às 12h55
  • separator
  • comentários

Apenas dois refrigerantes por dia são suficientes para trazer danos aos rins, dizem pesquisadores. Um estudo mostrou como o tipo de açúcar usado nestas bebidas aparentemente aumenta os níves de sal no sangue. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

<p>O sal reabsorvido nos rins pode conduzir doenças como diabetes, obesidade, insuficiência renal e hipertensão</p>
O sal reabsorvido nos rins pode conduzir doenças como diabetes, obesidade, insuficiência renal e hipertensão
Foto: Getty Images

Um segundo estudo mostrou também que este tipo de bebida faz com que os rins lutem muito para se livrar do excesso de proeteína no corpo.

Uma das característica da falha nos rins é chamada de proteinúria – o aumento da excreção de proteína na urina. Ela foi encontrada nas pessoas que tomam refrigerantes duas vezes ao dia, de acordo com pesquisadores da Osaka University.

Mais de 8 mil empregados da universidade participaram do experimento. Um terço deles nao tomaram bebidas gasosas; outro terço tomou uma por dia e um terceiro grupo tomou duas por dia.

Em um espaço de apenas três dias, 10,7% do terceiro grupo desenvolveram a proteinúria, e 8,9% do segundo grupo também mostrou efeitos similares. O primeiro grupo mostrou sinais em apenas 8,4% das pessoas testadas.

A frutose é utilizada para adocicar estas bebidas e pesquisadores da Case Western Reserve University, em Cleveland, perceberam que ela aumenta a sensibilidade dos rins à angiotensina, proteína que regula o equilíbrio do sal.

Isso significa que o sal é reabsorvido nos rins, o que pode conduzir doenças como diabetes, obesidade, insuficiência renal e hipertensão.

Ambos os estudos foram apresentados na American Society of Nephrology Kidney Week, em Atlanta, na última semana. 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade