Doenças e Tratamentos

publicidade

Gordura abdominal pode ser mais prejudicial que obesidade

A gordura acumulada nessa região pode ser mais prejudicial do que a distribuída pelo corpo
Foto: Getty Images
 

Quando o assunto é doença do coração, o acúmulo de gordura localizada na região abdominal pode ser pior do que o sobrepeso. Uma nova pesquisa, feita no estado de Minnesota, Estados Unidos, mostra que o tecido adiposo que se acumula na região da barriga é excepcionalmente perigoso. As informações são do Daily Mail.

O estudo, realizado com 12.785 pessoas, dividiu a população em três grupos: normal, sobrepeso e obesidade. Então foram feitas análises que provaram que as pessoas que não estavam acima do peso, mas tinham barriga saliente tinha 2,75 vezes mais risco de morrer de doença cardiovascular do que as pessoas que tinham peso normal e uma cintura proporcional ao seu corpo. Ainda, essas pessoas se mostraram mais propensas a ter uma morte prematura.

A gordura que se deposita ao redor do abdômen é  mais perigosa que a gordura no quadril porque é metabolicamente ativa. Por isso, ela libera mais produtos químicos tóxicos, produzidos pelos processos inflamatórios, que acontecem quando o corpo luta contra o aparecimento da gordura.

"O grupo que apresenta gordura abdominal, mas não tem sobrepeso tem maior taxa de morte do que aqueles considerados obesos com base no IMC. De uma perspectiva de saúde pública, este é um achado significativo", diz Francisco Lopez-Jimenez, um dos autores do estudo.

Terra