publicidade

Gelatina: boa para a pele e pode ter menos de dez calorias

Gelatina faz bem à saúde
Foto: Getty Images
 

A gelatina pode ser a melhor opção para a sobremesa durante os dias quentes. Ela é colorida, atraente, muito refrescante e pode ser consumida sem culpa, já que possui baixa quantidade de calorias. Além disso, por existir certa variedade sabores, agrada diferentes paladares e pode fazer parte de muitas receitas, como musses, sopas, sucos e sorvetes.

A nutróloga Tamara Mazaracki explica que a gelatina é a maior fonte alimentar de aminoácidos que ajudam a estimular a síntese de colágeno no corpo. A substância ajuda na nutrição dos tecidos, além de manter a elasticidade da pele, e a força e crescimento das unhas e cabelos. Mas, isso vale principalmente para o suplemento em forma de pó, a gelatina colorida que consumimos como sobremesa colabora, mas não é tão eficiente para a formação do colágeno.

Por outro lado ela é ideal para quem quer manter a silhueta, já que quando consumida transmite a sensação de saciedade rapidamente. Isso se deve ao fato de que em sua composição haver substâncias que se ligam a uma grande quantidade de água rapidamente, o que diminui os riscos de exagero à mesa. 'Ela ajuda nos programas de redução de peso porque pode substituir ingredientes mais calóricos no preparo de pratos diversos, tais como creme de leite, manteiga, amido e farinha", disse a nutróloga.

Confira seis motivos para incluí-la em seu cardápio de verão:

1) Fonte de proteína, a gelatina ajuda na tonificação dos músculos e da pele, sendo uma ótima opção para combater a flacidez.
2) É uma sobremesa light que cumpre muito bem o papel de docinho diário. Em uma porção de 150 gramas, a gelatina normal tem em média de 70 a 80 calorias e a versão diet tem menos de dez, dependendo do fabricante.
3) Uma das principais substâncias presentes em sua fórmula é o colágeno, que além de ser nutritivo para os ossos, deixando-os mais fortes e resistentes, fazem bem para as articulações, desempenhando assim um papel importante na prevenção e no tratamento de dores articulares, artrose e osteoporose.
4) É considerado um excelente regenerador cutâneo, já que fornece a matéria prima que o corpo precisa para produzir colágeno e, juntamente com outros nutrientes, como a vitamina C, colabora para uma boa cicatrização.
5) É um alimento essencial para quem pratica exercícios físicos por ajudar na formação de massa magra, que deixa o corpo mais firme.
6) Não há contraindicação, por ser composta principalmente de proteína de fácil digestão e assimilação, a adição de gelatina ajuda a complementar a ingestão de proteínas de outras fontes (carne, ovo, feijões), aumentando assim o valor biológico final da reserva de aminoácidos do organismo. Só não pode ser usada como única fonte de proteína, mas sim fazer parte de uma dieta equilibrada.

Redação Terra