Conheça os efeitos colaterais de remédios para fertilidade

  • separator
  •  
  • comentários

Os remédios usados nos tratamentos para a fertilidade humana podem trazer alguns efeitos colaterais, como náuseas e vômitos, dor de cabeça, gases intestinais e ondas de calor. Em alguns casos, é possível que haja também hiperestimulação ovariana ou dor pélvica, além do risco de gestação múltipla. "Um tratamento para engravidar pode incluir distúrbios digestivos", diz a ginecologista Hitomi Miura Nakagava, diretora científica da Genesis - Centro de Assistência em Reprodução Humana, de Brasília.

 Foto: Shutterstock / Especial para Terra
Os remédios usados nos tratamentos para a fertilidade humana podem trazer alguns efeitos colaterais, como distúrbios digestivos
Foto: Shutterstock / Especial para Terra



Além disso, em caso de transtornos visuais, como escotomas (alterações visuais com projeção de pontos brilhantes), que frequentemente precedem enxaquecas mais graves, a médica aconselha que a mulher procure o médico responsável pelo tratamento.

Como conviver com os incômodos
Mesmo sabendo dos efeitos colaterais dos medicamentos, as mulheres que passam por esse tipo de tratamento devem buscar um perfil de vida mais saudável, com alimentação balanceada, atividade física regular e livre de vícios, como cigarro, álcool e drogas.

Afinal, tudo isso pode auxiliar no sucesso do tratamento. "Estar alerta para o relógio biológico reprodutivo, evitando o sobrepeso e a obesidade, também são fatores indissociáveis para o sucesso das intervenções", afirma Hitomi.

Homens
Já nos homens, o procedimento costuma ser outro. Segundo Hitomi, os avanços das técnicas de reprodução assistida fizeram com que muitas vezes o casal consiga uma solução para chegar à gravidez sem que seja necessário que o marido tome medicamentos.

Mas isso não quer dizer que o homem não deva cuidar de sua saúde. "Apesar de serem produzidos milhões de espermatozoides e haver a necessidade de apenas um para acontecer a gravidez, se o parceiro não preservar a saúde ou abusar de vícios, o resultado final pode ser prejudicado", alerta a médica.

Cross Content
Especial para o Terra













Terra

compartilhe

publicidade
publicidade