Saúde

publicidade
24 de janeiro de 2009 • 15h56 • atualizado em 27 de Janeiro de 2009 às 10h25

Infecção grave levou à morte de modelo

Mariana Bridi teve os membros amputados após infecção urinária
Foto: Divulgação

Modelo, capixaba e o "Mais Belo Corpo" do concurso Miss Bikini Internacional 2007, na China. Mariana Bridi, de 20 anos, no entanto, foi manchete principal de jornais pelo País por uma doença corriqueira e simples, que atinge cerca de 30% dos brasileiros. Com suspeita de infecção urinária, a top de 20 anos ficou internada de 3 a 24 de janeiro -quando morreu no hospital.



» Modelo que teve membros amputados morre
» Chat: tecle sobre o assunto

Causada em sua maioria pela bactéria

Escherichia coli

(responsável por cerca de 90% das ocorrências), a infecção urinária é uma inflamação comum que pode atingir bexiga, uretra e até os rins. Os casos mais comuns são chamados de cistite e se restringem apenas à parte baixa do sistema urinário, atingindo a bexiga. Neste caso, os sintomas apresentados são ardor e dificuldade ao urinar e exigem tratamentos simples - geralmente, apenas o uso de antibióticos.



Há, no entanto, casos mais severos e delicados, que necessitam de tratamento hospitalar e administração de antibiótico endovenoso (direto na veia). Trata-se da pielonefrite (infecção dos rins) que, entre os sintomas mais comuns, provoca febre, dor, ardência e urgência para urinar.



Esse tipo de infecção pode levar a formação de cálculos, obstruções, refluxo vésico-uretral, entre outras complicações. "Deve-se tomar muito cuidado, pois o órgão pode perder sua função e a infecção pode se disseminar pelo corpo", alerta José Medina Pestana, professor titular de Nefrologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).



Apesar do risco, porém, dificilmente infecções do aparelho urinário levam a sequelas tão graves e à morte, como no caso da modelo brasileira, garante o infectologista Paulo Olzon, professor da Unifesp.



Não à toa, especula-se que Mariana - que teve suas mãos e pés amputados por causa de uma septicemia (infecção severa e generalizada) - tenha contraído uma infecção hospitalar, geralmente causada por bactérias como as pseudomonas multirresistentes.



Já debilitada, o tratamento que a modelo recebeu não foi suficiente para combater a proliferação das bactérias pelo organismo da modelo, levando-a à morte.



Formas de contrair a infecção urinária

- Doenças neurológicas


- Doenças sexualmente transmissíveis


- Fístulas genito-urinárias e do trato digestivo


- Infecções ginecológicas


- Má higiene íntima


- Obstruções urinárias


- Presença de corpos estranhos



Prevenção:

- Beber líquidos em abundância


- Praticar sexo seguro


- Urinar após relações sexuais


- Urinar freqüentemente



Mulheres:

- Evitar absorventes internos


- Evitar uso de lingeries de nylon


- Lavar períneo e anus após defecar


- Limpar-se sempre de frente para trás



Sintomas mais comuns:

- Ardência


- Dor e dificuldade ao urinar


- Urina com mau cheiro e de cor opaca



Redação Terra