0

Médicos da África do Sul realizam primeiro transplante de pênis do mundo

13 mar 2015
14h44
atualizado às 14h44
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Uma equipe de médicos da Universidade de Stellenbosch, na Cidade do Cabo (África do Sul), realizou com sucesso o primeiro transplante de pênis no mundo, segundo informou a instituição de ensino nesta sexta-feira.

O paciente, que já se recuperou totalmente, é um homem de 21 anos que teve o pênis amputado devido a complicações após uma circuncisão.

A operação, realizada no dia 11 de dezembro do ano passado, durou nove horas e, pela primeira vez na história da medicina, teve um resultado satisfatório a longo prazo, de acordo com o portal sul-africano de notícias "News24".

Segundo o decano da Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde da universidade, Jimmy Volmink, "essa é a primeira vez que uma cirurgia desse tipo termina com sucesso".

"Nosso objetivo era que (o pênis) fosse plenamente funcional após dois anos e estamos surpreendidos que tenha sido uma recuperação tão rápida", explicou.

Os médicos modelaram o pênis transplantado a partir da pele abdominal do doador. Outros nove pacientes receberão transplantes similares após o êxito dessa primeira cirurgia, que pode ser uma solução para doenças como o câncer ou a disfunção erétil severa.

Liderada pelo diretor de urologia da universidade, Andre van der Merwe, a cirurgia foi realizada no hospital Tygerberg da Cidade do Cabo.

"Esse procedimento é outro excelente exemplo de como a pesquisa, os conhecimentos técnicos e o atendimento focado no paciente podem se unir para aliviar o sofrimento humano", disse.

Veja também:

De andador, veterano de guerra de 99 anos arrecada milhões para saúde pública britânica
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade