0

De chocolate a batata frita: veja os piores alimentos para o estresse

  • separator
  • comentários

Há várias maneiras de controlar a pressão e a ansiedade com uma alimentação saudável. Por outro lado, alimentos ricos em gordura e açúcar podem aumentar a irritabilidade. Pensando nisso, o site Huffington Post listou os oito piores alimentos para o estresse. Confira a seguir.

Energéticos: ricos em cafeína e açúcar, as bebidas energéticas e refrigerantes agravam o estresse. “A combinação dos dois é desgastante para o corpo”, explica Dawn Jackson Blatner, autor de The Flexitarian Diet . Além disso, uma lata de bebida energética pode conter a mesma quantidade de cafeína que três xícaras de café, o que leva à insônia.

Alimentos picantes: pessoas que ficam estressadas com frequência não são capazes de processar alguns tipos de alimentos, principalmente os picantes. “O estresse desacelera o metabolismo e faz com que o processo de digestão se torne mais lento. Assim, o alimento fica no estômago por mais tempo e pode causar refluxo ácido”, explica Heather Bauer, fundador do site Bestowed.

Batata frita: carboidrato e alto teor de gordura do alimento oferecem energia instantânea, mas a longo prazo aumentam o estresse e risco de hipertensão, já que também é rica em sódio.

Foto: Getty Images

Balas e doces: muitas vezes as pessoas atacam um chocolate ou qualquer tipo de doces quando estão ansiosas, mas o açúcar contribui para os níveis mais altos de cortisol, o hormônio do estresse. O açúcar no sangue causa irritabilidade e aumenta o desejo de comer.

Bebidas alcoólicas: um copo de vinho pode acamá-lo, certo? Errado. O álcool também estimula a liberação de cortisol, o hormônio do estresse, de acordo com um estudo publicado no Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism.

Café: o motivo é o mesmo das bebidas energéticas. A combinação de cafeína e açúcar causa irritabilidade e insônia, o que agrava o estresse.

Comidas processadas: com alto teor de sódio, gordura e aditivos artificiais, os alimentos processados podem aumentar os níveis de estresse, além de ter pouco ou nenhum valor nutritivo. “Alimentos ricos em gordura, açúcar e sal aumentam diretamente os níveis de cortisol”, justifica Bauer.

Chiclete e doces sem açúcar: de acordo com Blatner, comer ou marcar alimentos adoçados artificialmente também podem causar problemas digestivos e, consequentemente, aumentar a irritabilidade.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade