0

Jovem anoréxica diz que McDonald's salvou sua vida

Jo Thompson sofreu com a doença dos 11 aos 17 anos e chegou a pesar 25 Kg, mas se recuperou depois de conseguir um trabalho na rede de fast food

26 nov 2013
13h21
atualizado em 29/11/2013 às 17h32
  • separator
  • comentários

A britânica Jo Thompson, hoje com 21 anos, sofreu com uma severa anorexia por quase toda a adolescência, mas superou a doença depois de conseguir um trabalho no McDonald's. A jovem teve os primeiros sinais da doença aos 11 anos, quando chegou a pesar apenas 25 quilos, o que a levou a ficar seis meses internada. Nesta época, seu corpo era tão fraco que os médicos lhe deram 48 horas de vida depois que a jovem chegou ao hospital.

Jo sobreviveu, mas, mesmo após o tratamento intensivo, não conseguiu se livrar da aversão à comida e ao seu corpo e, nos seis anos seguintes, se alimentava apenas com ervilhas e água, além de exagerar nos exercícios físicos para queimar ainda mais calorias.

Aos 17 anos, Jo tomou uma decisão radical. Ao ver que os tratamentos não faziam efeito, ela se inscreveu para uma vaga de trabalho em uma loja do McDonald's. O motivo? Para ela, era preciso conviver diariamente em um lugar no qual as pessoas se relacionassem normalmente com a comida e fossem lá somente para se alimentar. Por isso, ser uma funcionária da maior rede de fast food do mundo pareceu a melhor solução.

A decisão superou as expectativas da jovem que, além do emprego, conseguiu também um namorado quando se apaixonou pelo gerente da loja, Zoheb. Com a ajuda dele, ela recuperou peso, voltou a se alimentar e teve dois filhos, Zaki e Amelia, mesmo depois de ter ouvido de vários médicos que seria infertil pelo resto da vida devido aos danos causados pela anorexia.

<a data-cke-saved-href="http://saude.terra.com.br/infograficos/disturbios-alimentares/" href="http://saude.terra.com.br/infograficos/disturbios-alimentares/">Distúrbios alimentares</a>
Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade