0

Nutricionista lista alimentos que aumentam a fertilidade; veja

Cuidar da alimentação pode ser o primeiro passo para quem pretende engravidar sem a ajuda de tratamentos

31 mai 2014
16h59
  • separator
  • comentários

Em tempos de gravidez cada vez mais tardia, as mulheres que pretendem engravidar costumam ficar atentas às dicas que preservem ou aumentem a fertilidade.

<p>Controlar o peso e escolher os alimentos certos são atitudes importantes para a mulher que deseja engravidar</p>
Controlar o peso e escolher os alimentos certos são atitudes importantes para a mulher que deseja engravidar
Foto: Getty Images

Apesar de a tecnologia nos tratamentos ter avançado muito neste sentido, segundo a nutricionista Tatiana Rom, do VIDA – Centro de Fertilidade da Rede D’Or, do Rio de Janeiro, é possível apostar em alguns alimentos e dicas aliadas neste sentido.

Além da inclusão destes itens na dieta, ela recomenda que as mulheres que pretendem engravidar controlem o peso. “Tanto o excesso quanto o baixo peso interferem negativamente na ovulação. Além disso, claro, tenha sempre acompanhamento médico”, reforça.

Confira uma lista elaborada pela profissional.

1. Cuide bem do seu intestino
De acordo com Tatiana, é essencial que o intestino funcione bem para que os alimentos listados a seguir façam efeito. Para isso, a dica é consumir iogurtes e alimentos ricos em fibras: frutas, vegetais e alimentos integrais. “A aveia é uma excelente fonte de fibra, e vai bem com várias frutas”, explica. Ela também recomenda que a mulher evite frituras, conservantes, corantes, refrigerantes e café. “Eles não ajudam em nada”, completa.

2. Ácido fólico
“Esse nutriente da família do complexo B é um promotor da renovação celular”, explica a nutricionista. Segundo ela, o ácido fólico é importante desde a fecundação até o fim da gestação, pois ajuda na formação do sistema nervoso do feto.

Por isso, ela recomenda alimentos como fígado de frango orgânico, vegetais verde-escuros (espinafre, agrião, couve) e levedo de cerveja. “Prefira sempre os vegetais e produtos orgânicos, que possuem menor teor de agrotóxicos”, recomenda.

3. Vitamina E
Segundo Tatiana, a vitamina E tem importante função na mobilidade dos espermatozoides, “além de melhorar a parede do útero e fortalecer a placenta”. Para isso, as dicas são germe de trigo, nozes e azeites, todos ricos em vitamina E.

4. Ômega 3
Além de contribuir com o desenvolvimento intelectual do bebê, o ômega 3 vai ajuda a entrada do espermatozoide no óvulo. “Incorpore ao seu cardápio semente e óleo de linhaça, sardinha, atum e salmão”, afirma a especialista.

5. Zinco
“Esse é, com certeza, o mineral mais importante quando se fala em concepção”, alerta Tatiana. O nutriente pode ser encontrado nos espermatozoides em grande quantidade, e, segundo a nutricionista, é fundamental para um óvulo saudável, “principalmente quando associado com a vitamina B6.”

Ela informa também que consumo de álcool em excesso e antiácidos podem diminuir o zinco no organismo. Em contrapartida, você pode encontrá-lo em fontes como carnes, ostras, gérmem de trigo e fígado de galinha.

6. Vitamina C
Por ser um potente antioxidante, a vitamina C previne e protege o organismo de substâncias tóxicas, explica Tatiana. Isso melhora a qualidade dos óvulos.

A especialistas afirma que já foi comprovado por meio de estudos que esta vitamina ajuda na mobilidade e concentração dos espermatozoides. “Consumir um copo de suco de laranja assim que for feito, ou três frutas por dia, asseguram boas quantidades desse nutriente”, diz Tatiana.

7. Selênio
Assim como a vitamina C, o selênio funciona como importante oxidante e é encontrado em grandes quantidades no sêmen. “Consuma duas castanhas-do-pará por dia: esta é a quantidade recomendada”, explica a especialista.

8. Licopeno
Encontrada em fontes como tomate, chá-verde, melancia e goiaba vermelha, o licopeno diminui a produção de radicais livres, por ser um antioxidante. “Uma dica: aqueça esses alimentos para ativar o licopeno.”

9. Betacaroteno
“Todas as frutas e legumes de cor alaranjada, abóbora, laranja, cenoura, mamão, além de óleo de fígado de bacalhau são fontes desse nutriente importante para a quantidade de espermatozoides”, informa Tatiana.

10. Água
A quantidade recomendada pela nutricionista é de no mínimo dois litros por dia. “Ela é essencial para que reações químicas aconteçam no seu organismo de forma adequada”, complementa.

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://saude.terra.com.br/dietas/sucos-detox/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://saude.terra.com.br/dietas/sucos-detox/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade