1 evento ao vivo

Papais com mais de 40 devem investir em check-up anual

8 ago 2013
07h11
atualizado às 07h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Embora nem todas as doenças sejam logo diagnosticadas com a realização de exames, manter o controle da saúde por meio das análises clínicas é o primeiro passo para garantir longos anos de vida. Por isso, pais que já passaram dos 40 anos de idade devem sempre investir no check-up anual, além de manter hábitos saudáveis e praticar atividades físicas regularmente. “Ao cultivar uma rotina sadia, as chances de surgirem problemas são reduzidas”, explica Wladimir Alfer, urologista do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.

Confira, abaixo, os principais exames que os chefes de família precisam fazer a cada 365 dias.

Hemograma
O que faz:
verifica se os compostos e nutrientes do sangue estão regulares, além de medir os níveis de colesterol e glicemia e detectar uma possível anemia.
Como é feito: o sangue é coletado e encaminhado para análise laboratorial.
Com que frequência deve ser realizado: anualmente.

Urina, ureia, creatinina e ácido úrico
O que faz: avalia a função dos rins e detecta alterações como infecções urinárias e disfunções renais. O ácido é o responsável pela metabolização de proteínas e pode detectar cálculo renal, gota (tipo de artrite relacionada ao excesso de ácido úrico), hipertensão e doenças cardiovasculares.
Como é feito: por meio de coleta e análise da urina.
Com que frequência deve ser realizado: anualmente.

Teste ergométrico
O que faz: mede a capacidade cardiorrespiratória e verifica a existência de doenças cardiovasculares.
Como é feito: por meio de exercícios físicos na esteira ou na bicicleta ergométrica.
Com que frequência deve ser realizado: ao menos uma vez por ano. Após os 60, é fundamental para quem pretende praticar exercícios.

Toque retal
O que faz: verifica o tamanho da próstata e a possibilidade de desenvolvimento de câncer.
Como é feito: realizado por meio da introdução do dedo do médico especialista, protegido por uma luva, no ânus do paciente.
Com que frequência deve ser realizado: anualmente. Se pai, irmãos ou parentes próximos apresentarem problema na próstata é aconselhável começar antes dos 40.

PSA (Antígeno Prostático Específico)
O que faz: mede os níveis de uma substância relacionada a alterações na próstata, cuja elevação pode indicar problemas na glândula.
Como é feito: com a coleta e análise do sangue.
Com que frequência deve ser realizado: anualmente.

Ultrassom transretal
O que faz: analisa a próstata por meio de uma biópsia.
Como é feito: uma microcâmera é introduzida no ânus para analisar a próstata e facilitar a retirada de 14 fragmentos da glândula que são enviados para análise.
Com que frequência deve ser realizado: apenas com solicitação médica e se houver chance de tumor.

Fonte: Agência Hélice Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade