3 eventos ao vivo

Refrigerante acelera envelhecimento; veja 9 males à saúde

Ossos, dentes, estômago e fígado são órgãos prejudicados pelo hábito

4 fev 2015
11h01
atualizado às 16h55
  • separator
  • comentários

Estamos tomando mais refrigerante do que nunca. Mas o que isso significa para a nossa saúde? O site do jornal britânico Daily Mail reuniu alguns dados surpreendentes sobre este dado. Confira a seguir.

<p>O consumo excessivo de refrigerante traz diversos problemas à saúde</p>
O consumo excessivo de refrigerante traz diversos problemas à saúde
Foto: iStock

Siga Terra Estilo no Twitter

1. Eles aceleram o envelhecimento
Pessoas que bebem o equivalente a duas latas de Coca-Cola por dia podem envelhecer mais rápido, indicam pesquisadores americanos. Eles descobriram que essas pessoas têm suas células envelhecidas em até 4,6 anos. Seus telômeros, pequenas ‘capas’ que protegem o final das cadeias de DNA, parecem mais curtos.

2. Eles aumentam o desejo por açúcar
Tomar apenas duas latas de bebidas açucaradas no mesmo dia pode alterar a percepção sobre o gosto doce, e fazer com que a pessoa deseje ainda mais açúcar.

Isso porque o doce está fortemente conectado com o sistema de recompensa no cérebro. Além disso, as bolhas também podem aumentar esta vontade, devido ao dióxido de carbono, que atua como um ácido e faz com que o prazer do sabor seja ainda mais forte.

3. Eles estão ligados ao câncer
Mulheres que tomam mais de três bebidas açucaradas – gaseificadas ou não – por semana aumentam o risco de desenvolver câncer de mama .

Pesquisadores de uma universidade em Quebec mostraram no ano passado que, quanto maior o consumo deste tipo de líquido, maior a densidade no seio – um conhecido fator de risco do câncer.

4. Eles podem prejudicar os ossos
Beber quantidades altas de cola podem afetar os ossos, acreditam pesquisadores americanos. Isto porque eles contêm, com frequência, altos níveis de ácido fosfórico.

Um estudo de 2006 mostrou que mulheres que ingerem cola diariamente têm uma menor densidade mineral nos ossos do quadril.

O corpo se esforça naturalmente para manter os níveis de cálcio e fósforo equilibrados, então quando há excesso de fósforo, o cálcio é lançado para corrigir este equilíbrio.

5. Eles causam inchaço
Quando tomamos uma bebida gasosa, o gás – chamado de ácido carbônico – preenche o estômago com ar, criando uma pressão que empurra o ar de volta ao esôfago, causando o arroto.

E se você já sofre de inchaço, o gás extra pode piorar o quadro. As bolhas podem eventualmente explodir e serem reabsorvidas pelo sangue.

Os refrigerantes podem, ainda, agravar a síndrome do intestino irritável, uma desordem ligada ao sistema digestivo.

6. Eles atacam seus dentes
O açúcar reage com as bactérias na placa dentária, produzindo ácidos que podem causar cáries. A água com gás também pode ser prejudicial aos dentes porque contém ácido carbônico, formado quando o dióxido de carbono é dissolvido na água, destruindo o esmalte do dente.

7. Eles bombardeiam o seu fígado
Bebidas gaseificadas com altos níveis de açúcar estão ligadas à doença da gordura no fígado. Um estudo de 2009 mostrou que pessoas que tomam duas latas por dia são cinco vezes mais propensas a desenvolver a condição, além de cirrose precoce e câncer de fígado. Bebidas com altos níveis de frutose são absorvidas pelo órgão e se convertem em gordura.

8. Eles podem prejudicar o estômago das crianças
Refrigerantes a base de cola ou de limão são remédios populares para um estômago doente, mas eles na verdade pode fazer mal para crianças com este tipo de problema.

O revestimento do estômago e intestinos são frequentemente danificados por falhas no estômago, e bebidas ricas em açúcar podem piorar o seu estado, possivelmente porque as bactérias se alimentam de açúcar.

9. Eles podem antecipar a puberdade
Segundo um estudo americano, beber mais do que uma bebida açucarada por dia pode antecipar a menstrução das meninas.

A pesquisa, feita com 6 mil garotas, mostrou que aquelas que tomavam mais do que 1,5 por dia tiveram o primeiro período 2,7 meses antes do que as que tomavam duas vezes por semana ou menos.

As bebidas com açúcar também podem aumentar os níveis de insulina, que por sua vez pode levar a maiores concentrações de hormônios sexuais femininos, como o estrogênio.

Erros na dieta Erros na dieta

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade