publicidade
23 de janeiro de 2014 • 07h19

Livros e atividades lúdicas ensinam a cuidar da saúde bucal

 

O mundo para as crianças é mágico. Estimular a imaginação dos pequenos é a melhor forma de ajudá-los a entender questões não muito claras para sua pouca idade. Afinal, é difícil compreender coisas que seus olhos não veem. Esse é o caso da saúde bucal. Elas sabem que têm dentes, mas como falar sobre cárie, mau hálito e outras questões?

Para esses casos, sempre é aconselhável lançar mão de livros. “É uma forma de materializar coisas que não são visíveis”, diz a pedagoga, Julia Milani, da Assessoria Educacional Terceiro Passo. Segundo a especialista, encontrar um personagem para cada problema ajuda a criança a entender a importância de uma boa escovação. “Muitas vezes a criança não acredita que existe já que ela não vê. Com nome, forma, ajuda a compreensão”, afirma.

Chegou a hora
O momento certo para falar sobre o assunto pode ser quando os dentes já tiverem nascido e a criança na fase de ter autonomia para começar a escovar sozinha, apenas com supervisão do adulto. “Se for um livro lúdico que fala sobre a saúde em geral, pode ser lido junto com os outros que a criança gosta. Agora, se for técnico, ensinando como escovar os dentes, por exemplo, é bom fazer na hora da higiene”, diz Julia.

A Boca Mágica
O livro “A Boca Mágica” conta a história de Lico, um garoto que, depois de sofrer a pior das dores, a dor de dente, é levado para interior de sua própria boca. Ele descobre o plano do terrível vilão Ácido X, que quer roubar o sorriso de todas as crianças. Decide então escrever um livro para convencer as crianças que elas serão muito mais felizes se sorrirem com os próprios dentes.

Além do livro, o blog A Boca Mágica traz kits educativos com atividades lúdicas, teatrinho e espelho para escovação.

Beta Terra