Sabia que dente é órgão e deve ser doado? Veja como

As doações são usadas para atividades de ensino em faculdades e para pesquisas científicas

29 set 2015
08h00

Esqueça a fadinha e nem pense em jogar o dente no telhado. Os dentes de leite têm funções importante para estudos e pesquisa, aliás, os permanentes também devem ser doados. A Universidade de São Paulo tem um banco de dentes humanos que os separa, os classifica e os utilizam para atividades de ensino. “Antes de praticar, os alunos do curso de odontologia estudam lesões de cárie, erosão, restaurações, anatomia”, diz o professor José Carlos Pettorossi Imparato, responsável pelo Biobanco de Dentes da Faculdade de Odontologia da USP.

Ele explica que, em casos em que o doador se identifica e preenche um termo de doação, o dente é armazenado individualmente para pesquisas científicas. “É possível estudar características anatômicas de uma população, por exemplo. Sabendo quem é o doador, tenho condição de usar para pesquisa e o encaminho para o biobanco de dentes, se não tiver rastreabilidade, ele segue para o banco de dentes”, explica.

Doação de órgãos
Em primeiro lugar o dente deve ser entendido como um órgão. Quem doa dentes, é um doador de órgãos. “É preciso ter essa conscientização, o dente deve ser doado, como qualquer outro órgão”afirma Imparato. 

Qualquer dente pode ser doado. Até dentes com cárie são usados para ensino e para pesquisa. “Continua sendo considerado um órgão. Podemos estudar um novo material para restauração, por exemplo”. 

Qualquer dente pode ser doado, até dentes com cárie são usados para ensino e para pesquisa
Qualquer dente pode ser doado, até dentes com cárie são usados para ensino e para pesquisa
Foto: luna4 / Shutterstock

Faça o kit para doação de dente
- Caso faça a extração no dentista, diga a ele que vai fazer a doação e o profissional providenciará o preparo do órgão.
- Se o dente for extraído em casa, lave-o em água corrente, seque-o com uma gaze ou papel e o envolva em um plástico. 
- Não o armazene em líquidos, como água, porque pode gerar contaminação. 
- Quanto menos manipular, melhor.
- Preencha o termo para casos de pesquisa.
- Encaminhe para:
Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo
Avenida Professor Lineu Prestes, 2.227, Cidade Universitária, SP, CEP 05508-900.
- Também é possível fazer a entrega pessoalmente. A unidade atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações no telefone (11) 3091-7905.

 

Fonte: Agência Beta Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.
publicidade