2 eventos ao vivo

vc repórter: em cinema, Ministério da Saúde lança campanha de aleitamento

1 ago 2013
20h50
atualizado às 20h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Campanha acontece em 60 salas de cinema distribuídas em 30 municípios brasileiros</p>
Campanha acontece em 60 salas de cinema distribuídas em 30 municípios brasileiros
Foto: Santini / vc repórter

Uma parceria entre  Ministério da Saúde e uma rede de cinemas para mostrar a importância da amamentação foi lançada nesta quinta-feira, em Brasília. Com o tema “Tão importante quanto amamentar seu bebê é ter alguém que escute você”, a campanha tem como padrinhos o ator Marcelo Serrado e sua esposa Roberta Rodrigues, pais recentes de gêmeos.

O princípio básico do programa, intitulado Cinematerna, criado em 2008, é exibir pequenos filmes sobre o aleitamento materno em salas de exibição. A rede de cinema Cinemark disponibiliza 60 salas em 30 municípios de 14 cidades para, em horário específico, realizar a ação.

O Ministério da Saúde também irá distribuir cartazes e folders para as Secretarias Estaduais de Saúde. Serão cerca de 200 mil cartazes que deverão ser afixados nos serviços de saúde que atendem mulheres e crianças em todo o Brasil, além de 1,7 milhão folders que serão distribuídos nos estados.

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://saude.terra.com.br/infograficos/dia-da-amamentacao/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://saude.terra.com.br/infograficos/dia-da-amamentacao/&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;Amamenta&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;ccedil;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;atilde;o: tire d&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;uacute;vidas comuns e desvende mitos e verdades &amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;

A amamentação exclusiva, segundo o órgão, é a estratégia mais eficaz na redução da mortalidade infantil. Estima-se que ações de promoção do aleitamento materno e da alimentação complementar saudável sejam capazes de diminuir, respectivamente, em até 13% e 6% a ocorrência de mortes em crianças menores de cinco anos em todo o mundo.

De acordo com a última pesquisa do Ministério da Saúde, de 2009, 41% das crianças menores de seis meses recebem exclusivamente leite materno e 67,7 % mamam na primeira hora de vida. O tempo médio de aleitamento materno aumentou um mês e meio de 1999 a 2008, passando de 296 para 342 dias.

O internauta Santini, de Brasília (DF), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

Veja também:

Venezuela: os trabalhadores da saúde com salários de US$ 4 por mês e sem equipamentos de proteção
vc repórter
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade