Saúde

publicidade
02 de julho de 2012 • 08h04 • atualizado às 08h09

Veja os 14 melhores e piores alimentos para a digestão

Conheça os melhores e piores alimentos para a digestão
Foto: Getty Images

Azia, gases, diarreia... quem nunca sofreu desses inconvenientes depois de ingerir algum alimento específico? Isso pode acontecer porque o organismo humano tem mais dificuldade para digerir alguns alimentos, mas, em contrapartida, também tem mais facilidade para processar outros. Para diminuir os riscos de desconfortos, o site da revista Health listou os 14 melhores e piores alimentos para a digestão. Veja abaixo:

Os piores

1. Comidas gordurosas e frituras: podem causar azia e outros desconfortos. "O corpo não consegue dar conta de tudo isso de uma só vez", explicou Jessica Anderson, especiallista em diabetes na Texas A&M Health Science Center Coastal Bend Health Education Center. Além disso, pessoas que sofrem da síndrome do intestino irritável devem evitá-las, pois elas causam problemas digestivos.

2. Pimenta chili: pode irritar o esôfago e causar desconforto. Também é um problema para quem sofre da síndrome do intestino irritável ou de azia crônica, disse Tim McCashland, gastroenterologista da University of Nebraska Medical Center.

3. Laticínios: todo mundo precisa incluir o cálcio na dieta e uma maneira fácil de consumi-lo é ingerindo laticínios, como leite e queijo. Mas, para quem sofre de intolerância à lactose, esses alimentos podem causar diarreia, gases e até inchaço abdominal.

4. Álcool: o álcool relaxa o corpo e, por isso, também relaxa o esfíncter esofágico, o que pode causar refluxo e azia. Ingerir álcool também pode impedir que nutrientes sejam absorvidos pelo organismo, além de causar diarreia. No entanto, se você não tem problemas gastrointestinais, doses moderadas de álcool não devem causar problemas do tipo. A sugestão é dois drinques por dia para os homens e um para s mulheres.

5. Frutas com sementes pequenas: são ótimas para a saúde, mas as que têm pequenas sementes podem causar problemas para quem sofre de diverticulite. "A teoria é que as sementes obstruem canais do intestino e podem causar inflamações ou infecções", explica McCashland.

6. Chocolate: um estudo de 2005 sugere que o chocolate pode ser um problema para quem sofre da síndrome do intestino irritável. Mas o chocolate em si pode não ser o vilão, afinal, para quem tem intolerância à lactose, o verdadeiro problema é a quantidade de leite que o produto contém. Além disso, chocolate também traz cafeína, que pode causar inchaço abdominal e diarreia.

7. Café, chá e refrigerantes: chás, café e bebidas carbonatadas dilatam o esfíncter esofágico, que mantém o ácido estomacal preservado, e como também atuam como diuréticos, podem causar diarreia. Bebidas cafeínadas podem ser um problema em especial, principalmente para pessoas que sofrem de refluxo.

Os melhores

8. Milho: rico em fibras, o milho pode ser bom para regular o intestino, entre outros benefícios. No entanto, entre as fibras que contém está a celulosa, um tipo que o organismo humano não consegue digerir facilmente. "Nossos ancestrais podiam quebrá-las com os dentes, maiores e mais fortes. Por isso, se você mastigar o milho por mais tempo, é capaz que consiga digeri-lo com menos dificuldades", explica Anderson. No entanto, se engolir com pressa, o milho pode causar gases e até dores abdominais.

9. Iogurte: o corpo humano abriga muitos tipos de bactérias, que ajudam na digestão. E alguns iogurtes também contêm tipos de bactérias saudáveis, que podem facilitar o processo. "O iogurte pode reabastecer a flora intestinal, por isso, é considerado saudável", falou McCashland.

10. Kimchi: é um prato típico coreano feito à base de repolho, rabanete, cebola e vários temperos. No entanto, o repolho é o principal ingrediente e promove o desenvolvimento de bactérias saudáveis no cólon. Além disso, o repolho é também um tipo de fibra que não precisa ser digerida, poupando o intestino e mantendo seus movimentos regulares. Mas, o prato típico também tem contraindicações: por ser apimentado, deve ser evitado por quem tem problemas com o ingrediente.

11. Carnes magras e peixes: carnes magras, como frango e peixe, são mais fáceis para o organismo digerir. "Carne vermelha tende a ser mais pesada, por isso, o corpo humano lida muito melhor com carnes magras", explicou Anderson. Além disso, frango e peixe não estão associados ao risco de câncer de cólon, como a carne vermelha.

12. Grãos integrais: grãos integrais, como arroz e aveia, são boas fontes de fibra, que ajudam na digestão. "O corpo precisa de 20 a 30 gramas de fibras por dia", alertou Anderson. As fibras também ajudam a manter os níveis de colesterol baixos, mas podem causar inchaço abdominal e gases. Além disso, são proibidas para quem sofre de doença celíaca ou intolerância à gluten.

13. Banana: se você acabou de sair de uma crise de diarreia, a banana pode ser uma ótima aliada, já que ajuda a regular os movimentos do intestino. A fruta também repõe o estoque de potássio e contém fibras. "Uma banana por dia é ótima pedida", recomendou Anderson.

14. Gengibre: o gengibre é usado há muitos e muitos anos para aliviar náuseas, vômitos, enjoos, gases, perda de apetite e cólica. Mas é melhor não exagerar na dose. Em excesso, o gengibre pode causar azia.

Terra