0

Cruz Vermelha alerta sobre suto de cólera em duas regiões da Somália

12 abr 2017
12h32
  • separator
  • comentários

Um surto de cólera e de diarreia aguda nas regiões autônomas somalis de Somalilândia e Puntlândia causou várias mortes e internações, alertou nesta quarta-feira a Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICR).

Desde o início de abril foram registrados mais de 411 casos de cólera e de diarreia aguda na Somalilândia, no norte de Somália.

O surto "devastou comunidades remotas na região assolada pela seca", indicou a FICR em um comunicado.

Nos últimos dez dias, 28 pessoas morreram na Somâlilandia e 167 tiveram que ser hospitalizadas.

Crianças e adultos vulneráveis, que já lidam com a má nutrição e a insegurança alimentar pela ausência de chuvas, foram afetados por esta doença depois de beber água contaminada, explicou a FICR.

Na região de Taleex, a 160 quilômetros de Las Anod (norte de Somália), 12 pessoas morreram, enquanto em Buhodle, perto da fronteira com a Etiópia, foram 14 mortes.

Em Puntlândia, no nordeste de Somália, foram registrados desde o início do ano mais de 1.600 casos de cólera e diarreia aguda e 57 mortes.

Na Somália há 2,9 milhões de pessoas que precisam de assistência e a ONU calcula que um milhão de crianças menores de cinco anos sofrerão de má nutrição grave este ano.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade