1 evento ao vivo

Médico 'proíbe' uva passa nas ceias de fim de ano

Criador da dieta Dukan montou um guia para encarar o fim de ano sem engordar; entre os itens proibidos estão a cerveja e a uva passa

23 dez 2015
16h53
  • separator
  • comentários

O nutrólogo Pierre Dukan, criador da dieta Dukan, montou um guia especial para quem quer evitar os quilinhos a mais que chegam junto com o final de ano. São dicas diárias, até o dia 2 de janeiro, para aproveitar bem as ceias, mas manter o peso.

Siga Terra Estilo no Twitter

Qualquer pessoa pode seguir o manual, não só as adeptas da dieta Dukan. Mas o médico ressalta que para ter sucesso no final, é preciso seguir à risca as recomendações.

A primeira orientação, que servirá de base para as refeições dos próximos dias, é evitar 18 alimentos que são considerados de alto risco. De acordo com o nutrólogo, a lista foi composta porque a maioria dos itens são industrializados. Eles são tão processados e refinados que acabam ficando sem seus nutrientes e fibras.

Foto: iStock / Getty Images

Portanto, para começar o guia com o pé direito, evite:

1) Cerveja

2) Batata cozida ou assada

3) Fritas ou chips

4) Pão branco sem glúten

5) Torradas de farinha branca

6) Pão de forma e todos os pães brancos

7) Cereais de milho

8) Amido de milho

9) Arroz branco

10) Arroz tufado

11) Arroz gohan

12) Biscoitos de arroz

13) Açúcar branco

14) Balas açucaradas

15) Refrigerantes com açúcar

16) Sorvetes com açúcar

17) Massas

18) Uvas passas e tâmaras secas

Apesar do item 18 parecer natural, cuidado! A tâmara e a uva-passa não são saudáveis porque, como explica Dukan, ambos são secos e passaram por um processo de condensação dos princípios ativos que os tornaram concentrados e ainda mais açucarados do que quando cozidos. Após esse tratamento industrial, eles resultam em alimentos que não trazem mais consigo os seus atributos iniciais.

Confira o guia completo:

23 de dezembro

Dia do ataque: baseado em proteínas, é um dia especial para se preparar para a ceia de Natal. Se você seguir as dicas corretamente, terá adquirido uma margem de reserva para compensar esses momentos de festas com a consciência tranquila.

Você poderá comer todos, e apenas, os alimentos listados abaixo. As quantidades, os horários e a mistura entre eles são livres.

- Carnes magras

- Frango sem pele

- Todos os peixes

- Todos os frutos do mar

- Presunto magro e/ou peito de peru light

- Ovos

- Laticínios 0% de gordura: iogurte, queijo branco, requeijão

- Tofu, seitam e tempeh

- Dois litros de água

- Duas colheres de sopa de farelo de aveia misturados no leite desnatado morno ou uma panqueca à base de farelo de aveia

Atenção: frutas e legumes não devem ser ingeridos.

24 de dezembro

Volte para sua alimentação habitual, mas para aproveitar bem esta noite, fique atento durante o dia. Apesar de não ter nenhuma restrição nesse período, não coma os 18 alimentos de alto risco, evite ingerir pão entre as refeições,  não abuse de bebidas alcóolicas e não repita as sobremesas.

Na hora do almoço, prepare uma entrada à base de verduras com peixe, frango ou carne. Já para a ceia, não se iniba, mas cuidado com os pontos sensíveis:

Aperitivos: nada de chips, nem de amendoim. Pode um pouco de oleaginosas  e uma taça de vinho ou champanhe.

Jantar: pode tudo, porém, sem repetir o prato. Duas taças de vinho ou champanhe são permitidas.

Outra dica importante é beber o máximo de água possível.

25 de dezembro

Dia de festa! Não há muitas restrições, aproveite o dia, mas sempre se distanciando dos 18 alimentos de alto risco.

Se você estiver preparando uma refeição para a família, prepare o prato principal com peixe, frango ou carne com um gratinado de legumes ou quinua. Evite a batata e o arroz branco.

Você pode preparar muffins à base de farelo de aveia e flan de baunilha feito com leite desnatado.

Outra opção é preparar um prato de shirataki de konjac, conhecido também como "macarrão milagroso", por conter poucas calorias, com molho à bolonhesa feito com tomates in natura. De entrada, faça uma bela alcachofra temperada com molho balsâmico.

Termine a refeição optando entre uma porção de coalhada, porção de frutas, meia-manga ou papaia.

26 de dezembro

No dia após a ceia você deve se alimentar de todos os alimentos ricos em proteína, assim como no dia 23. Então estão permitidos carnes, peixes, frango e você ainda pode acrescentar: tomate, pepino, rabanete, vagem, couves, brócolis, champignon, berinjela, todos os legumes e verduras, exceto os feculentos, como batata, milho, ervilhas, quinoa, arroz e massas.

As quantidades, horários e misturas são livres.

27 de dezembro

Passe um dia “normal” e tentar se alimentar de forma saudável.

Primeira regra: respeite os 18 alimentos arriscados.

Segunda: não repita o prato.

É importante tomar mais água do que o normal. O ideal é beber dois litros, incluindo café, chás, e refrigerantes zero. Nesses dois litros estão também inclusas as quantidades encontradas em alimentos com bastante água, como o pepino e a erva-doce.

Caminhe pelo menos 20 minutos num bom ritmo ou por 30 minutos, se tiver disposição.

Tente também dormir cedo, cada hora antes da meia-noite vale por duas e seu sono tem mais qualidade.

28 de dezembro de 2015

Para começar essa nova etapa rumo ao Ano Novo, evite os 18 alimentos de alto risco:

1) Cerveja

2) Batata cozida ou assada

3) Fritas ou chips

4) Pão branco sem glúten

5) Torradas de farinha branca

6) Pão de forma e todos os pães brancos

7) Cereais de milho

8) Amido de milho

9) Arroz branco

10) Arroz tufado

11) Arroz gohan

12) Biscoitos de arroz

13) Açúcar branco

14) Balas açucaradas

15) Refrigerantes com açúcar

16) Sorvetes com açúcar

17) Massas

18) Uvas passas e tâmaras secas

Prefira alimentos como a coxa de frango assada, ou um tomate recheado, endívias ao molho bechamel e presunto. Você também pode optar por uma receita criada pelo médico Pierra Dukan, confira:

Em um prato ou pirex, monte:

- uma camada de fatias de berinjelas grelhadas;

- em seguida, regue com carne moída as fatias de berinjelas;

- acrescente uma camada de cebolas cortadas em rodelas;

- jogue mais uma camada de carne moída;

- por cima, coloque rodelas de tomate regadas com uma colher de sopa de azeite de oliva;

- salpique com parmesão.

Leve ao forno preaquecido a 200 graus por 1 hora aproximadamente.

Para se manter na dieta, pense sempre em legumes. Eles podem ser preparados como você quiser, menos fritos. Você pode tentar fazer a salada Christine: feita com endívias, abacate, nozes, pedacinhos de polpa de toranja e um vinagrete clássico ou molho balsâmico.

Frutas são uma boa pedida, mas evite tâmaras, frutas secas e suco de frutas. Outra ótima opção para os doces é um pedaço de chocolate amargo e flan de baunilha.

Aproveite enquanto você estiver na zona neutra. E não se esqueça de caminhar num bom ritmo, no mínimo 20 minutos ou mais se estiver disposto.

29 de dezembro

Confira o seu peso e veja se conseguiu mantê-lo. Se acabou saindo da dieta, fique com os peixes, frutos do mar, aves, ovos, carnes, frutas e panqueca de farelo de aveia, leite desnatado, laticínios sem gordura e flans.

Porém, caso você tenha mantido o peso inicial, hoje a regra é aproveitar, mas sempre com moderação e não esquecer de evitar os 18 alimentos de alto risco.

A indicação do médico é uma porção de trigo em grãos ou cuscuz marroquino. Ou um prato de lasanha de legumes com carne moída.

30 de dezembro

Prepare-se para a última ceia do ano com um dia de prevenção. Alimente-se da mesma maneira que no dia 26 de dezembro, ou seja, com alimentos ricos em proteínas. Consulte a lista abaixo para ver os alimentos permitidos:

- Carnes magras

- Frango sem pele

- Todos os peixes

- Todos os frutos do mar

- Presunto magro e/ou peito de peru light

- Ovos

- Laticínios 0% de gordura: iogurte, queijo branco, requeijão

- Tofu, seitam e tempeh

- Dois litros de água

Legumes também estão liberados, com exceção dos feculentos.

As quantidades, horários e combinações são livres.

31 de dezembro

Hoje o cardápio é “liberado”, mas sempre com moderação. Fique atento com o que come durante o dia e respeite a regra dos 18 alimentos de alto risco.

Na hora do almoço, sirva-se de verduras, salmão defumado regado de limão. Lembra-se da salada Christine? Se você fez e gostou pode prepara-la novamente. Como prato principal, um filé com vagens ou couves. Pode ser um filé de peixe ou, se preferir, uma coxa de frango  ou peru.

Você pode comer queijos, iogurtes e laticínios. Você também tem direito a flans, mas nada de bebida alcoólica no almoço.

Esqueça a dieta na ceia do réveillon, só não perca o equilíbrio. Evite comer pão entre as refeições, as batatas fritas e os salgadinhos servidos como aperitivos. Nozes, sementes de girassol são uma boa opção, mas cuidado para não comer muito e estragar o jantar.

Na hora da ceia, não repita o prato. Quanto à bebida alcoólica, limite-se a duas taças de vinho ou champagne, mas não vinho doce, nem licor açucarado.

Outra dica importante é sempre comer devagar e beber muita água durante a festa.

1 de janeiro

A essa altura você deve ter ganhado um pouquinho de peso, não necessariamente gordura, mas provavelmente água. O médico explica que todas essas refeições contêm sal e a ingestão de líquidos costuma ser maior do que de costume. E, tanto o sal quanto o álcool, causam retenção de líquido. Então, se você ainda não se pesou, espere até o dia 2.

Continue evitando os 18 alimentos listados anteriormente. Porém, uma taça de vinho ou de champanhe nesta sexta (1) está liberado.

Para compor a mesa no primeiro dia do ano, algumas opções são ostras, camarões, alcachofras e pernil de cordeiro. Como acompanhamento, quinoa, arroz selvagem ou integral com porções moderadas.

Evite batatas-fritas e o arroz branco. Outra orientação é não consumir queijos e sobremesa juntos, escolha um ou outro.

Um prato de shirataki de konjac pode ser uma boa opção também. Termine o dia com uma porção de laticínio magro e com uma fruta. Para adoçar, coma dois pedacinhos de chocolate amargo.

2 de janeiro

Hoje é o dia para se pesar e ver se conseguiu seguir as dicas à risca. Comece o ano confortável com seu corpo e lembre-se que uma dieta não deve te deixar passando fome, precisa ser segura e saudável e fornecer estrutura para que o peso seja mantido.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade