9 eventos ao vivo

Gosta de iogurte? Probióticos podem reduzir ansiedade social

Estudo americano mostra que quem ingeriu alimentos fermentados como leite de soja fermentado e sopa de missô, ficou menos estressado

11 jun 2015
12h43
  • separator
  • comentários

Alimentos fermentados com probióticos, bactérias benéficas que melhoram a saúde do intestino, podem ajudar a combater ansiedade social, uma “timidez patológica” em que a pessoa teme atividades cotidianas sociais, como conhecer estranhos, falar em grupos e fazer compras. Essa é a conclusão de um estudo da Universidade de Maryland e da Faculdade de William e Mary, ambas nos Estados Unidos, publicada na revista Psychiatry Research e no jornal Daily Mail.

Alimentos fermentados, como iogurtes e sopas de missô, ajudam a diminuir a ansiedade, segundo estudo americano
Alimentos fermentados, como iogurtes e sopas de missô, ajudam a diminuir a ansiedade, segundo estudo americano
Foto: Ponto a Ponto Ideias

Os psicólogos avaliaram 710 pessoas, que responderam questionários sobre personalidade e estilo de vida, incluindo a quantidade de alimentos fermentados que consumiram nos últimos 30 dias, como iogurte, leite de soja fermentado, sopa de missô, alguns tipos de chocolate amargo e picles.

Siga o Terra Estilo no Twitter

Os voluntários que ingeriram mais alimentos fermentados tiveram menos sintomas de ansiedade social, sendo o efeito maior entre aqueles com risco genético para desenvolver o transtorno, indicado por pontuação elevada na escala de neuroticismo (termo que indica maior tendência a um estado emocional negativo em longo prazo).

O pesquisador Matthew Hilimire disse ao jornal Daily Mail que estudos anteriores em animais descobriram que probióticos podem aumentar o nível de GABA, um neurotransmissor que é imitado por medicamentos antiansiedade. “É provável que os probióticos (bactérias amigáveis) nos alimentos fermentados estejam mudando favoravelmente o ambiente no intestino e mudanças no intestino, por sua vez, influenciam na ansiedade social”, escreveram os cientistas.

A equipe concluiu que são necessárias mais investigações sobre o tema, mas acrescentou que “esses resultados do estudo sugerem que o consumo de alimentos fermentados que contêm probióticos pode servir como uma intervenção de baixo risco para redução da ansiedade social".

Ponto a Ponto Ideias

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade