PUBLICIDADE

Dor de cabeça e indigestão? Pode ser culpa do sutiã

9 jun 2013 12h46
| atualizado em 29/11/2013 às 17h23
ver comentários
Publicidade

Especialistas alertam para os sérios problemas de saúde que podem ser causados por usar um sutiã mal ajustado, especialmente para as mulheres que têm seios grandes. Entre os diagnósticos, eles citam erupções cutâneas, tendinites, dor de cabeça, indigestão, síndrome do intestino irritável, entre outros.

Estima-se que quatro entre cada cinco  mulheres usam lingerie inadequada para seu tipo físico, isso porque elas subestimam o tamanho de suas costas enquanto superestimam o tamanho dos seios, divulgou o site inglês Daily Mail.

A quiropraxista Lorna Mills explica: "as mulheres chegam à minha clínica com alguns sintomas parecidos, como ombros arredondados, costas curvadas, indigestão devido à pressão sobre o diafragma e os pulmões, marcas de tiras nas costas e nos ombros". 

Ela diz ainda que o maior problema são que as mulheres usam regularmente peças muito grandes para cobrir os seios. "Isto significa que as tiras são muito largas e estão continuamente apertadas, empurrando os ombros e o pescoço para baixo, curvando a coluna e causando sensação de tensão e desconforto. As tiras também fazem pressão ao redor do estômago", afirma Mills.

O terapeuta esportista inglês Richard Moore também é especialista no assunto. "Em muitas ocasiões, eu posso ligar reclamações de dores nas costas e no pescoço diretamente ao uso de sutiãs mal ajustados que não suportam o peso dos seios e criam visíveis problemas de postura, resultando em dores e tensões", explica.

Ele comenta ainda: "os sutiãs tradicionais são geralmente muito apertados ao redor das costelas, criando um ponto de tensão nas costas e dividindo esta área do corpo em duas partes menores, o que não funciona bem para a mulher. Ao mesmo tempo, a falta de suporte na parte da frente traz uma sobrecarga ao ombro, o que  faz com que elas curvem os ombros para frente. Imagine esta situção diariamente para algúem que fica o dia todo sentada em frente ao computador? Isto afeta o mecanismo de respiração por pressionar o diafragma, além de estar diretamente ligado aos problemas de digestão, como queimação e síndrome do intestino irritável. As tiras muito apertadas nos ombros além de causarem dor, comprometem a circulação sanguínea gerando ainda dores de cabeça".

<p>Definir as medidas do corpo para escolher o sutiã mais adequado é importante</p>
Definir as medidas do corpo para escolher o sutiã mais adequado é importante
Foto: Getty Images

O jornal inglês cita o exemplo da professora aposentada Shirley, de 62 anos, que foi diagnosticada com hérnia de hiato, síndrome do intestino irritável, indigestão e queimação por usar por um longo período sutiãs que não se ajustavam adequadamente ao seu corpo.  "Por anos, sofri com uma série de complicações que, agora, conversando com especialistas percebo que são consequência do uso da lingerie inapropriada. Percebo, inclusive, que as alças do sutiã afetaram a região da minha clavícula", conta Shirley. Mesmo praticando pilates e Tai Chi Chuan, a professor ainda tinha queixas de tensão nos ombros, dores de cabeça e tendinites nos ombros e cotovelos até trocar o tipo de sutiã usado.

Segundo os médicos, os sutiãs convencionais dão conta das medidas de duas dimensões apenas, uma ao redor dos seios na frente e nas costas e outra nos ombros, enquanto o ideal seria proteger três dimensões desta região do corpo. O sutiã Optifit (vendido pelo site por pelo menos 49,99 libras, correspondente a cerca de R$ 166) atende esta demanda e foi desenvolvimento pela design Sue McDonald em parceria com o cirurgião plástico Atul Khanna. As peças têm as partes das costas, bojo e ombros medidas separadamente para compor um sutião que se encaixe da melhor maneira possível ao corpo.

Para o médico, o uso do sutiã correto poderia diminuir o número de cirurgias de redução dos seios, já que os desconfortos seriam minimizados. "Elas culpam o tamanho dos seios e querem fazer a cirurgia de redução. Mas nos casos que eu vejo, o problema está em não ter o suporte adequado aos seios, o que compromete a postura e gera graves consequências", explica Khanna.

<p>Sutiãs apertados podem causar tensão, dores e desconforto</p>
Sutiãs apertados podem causar tensão, dores e desconforto
Foto: Getty Images

Entenda como escolher o sutiã perfeito:

Alças: 
Elas não devem ficar enterradas no corpo e nem dividir a pele, sendo absolutamente confortáveis. A tira de trás deva ficar bem esticada com o tamanho de dois dedos de largura, enquanto na parte da frente um dedo é o ideal.

Bojo:
Os seios devem se encaixar perfeitamente no recorte do sutiã, eles nunca devem ficar apertados ou sobrando e também não pode haver espaço vazio entre o sutiã e o corpo.

Armações:
Sutiãs com armações não são indicados para seios que estão crescendo, como os das grávidas, por exemplo. Mas as mulheres que têm seios grandes e de tamanhos iguais podem achá-los mais confortáveis. No entanto, os seios nunca podem sobrar nas laterais e o encaixe na caixa toráxica deve ser perfeito. Se a armação empurrar as costelas, é melhor comprar em um tamanho maior. Mas se a armação ficar larga, então é necessário um número menor nas costas e um maior no bojo.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade