0

Mais de um milhão de crianças sofrem desnutrição no Sudão do Sul, diz ONU

14 fev 2017
14h08
  • separator
  • comentários

Mais de um milhão de crianças menores de cinco anos de idade sofrem desnutrição aguda no Sudão do Sul, principalmente no nordeste e no noroeste do país, informou nesta terça-feira o escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

A organização explicou em comunicado que 300 mil mulheres grávidas também se encontram em estado de grave desnutrição, por isso o número de mortes entre as mães aumentou.

A nota detalhou que a crise se deve "à falta de alimentos, água potável limpa e à carência de centros médicos na maior parte do país".

A OCHA advertiu que os casos de desnutrição alcançaram situações graves, especialmente nas regiões do Alto Nilo (nordeste) e Bahr al Gazal do Norte (noroeste).

Independente do Sudão desde 2011, o Sudão do Sul está imerso na violência desde que em dezembro de 2013 o presidente do país, Salva Kiir, denunciou uma tentativa de golpe de Estado liderado pelo rival, Riek Machar, que se tornou líder rebelde do Exército de Libertação Popular do Sudão na oposição.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade