0

Saúde

Operação fim de ano: tire 14 dúvidas sobre dieta detox

iStock / Getty Images

Já está pensando nos exageros das festas de fim de ano e quer saber mais sobre as dietas detox? Veja tudo a seguir

2 dez 2014
18h15
atualizado às 18h17
  • separator
  • comentários

Depois de um fim de semana de pecados gastronômicos, vai começar a dieta detox? Ou já programou uma para depois da comilança das festas de fim de ano? Mas diga a verdade, você realmente sabe como ela funciona, o que deve ou não comer e quanto tempo pode durar? Será que pode trazer prejuízos? Os famosos sucos detox ajudam mesmo? Para tirar essas e outras dúvidas sobre o assunto, o Terra reuniu informações da nutricionista Caroline de Salve, da Salutem - Nutrição e Bem Estar; do endocrinologista Pedro Assed, pesquisador do Grupo de Obesidade e Transtornos Alimentares da PUC-Rio-IEDE; e do endocrinologista Alfredo Cury, do Spa Posse do Corpo. Confira:

1 – O que é dieta detox?


É uma dieta desintoxicante. “O organismo forma uma barreira e age como um filtro, fazendo com que as toxinas se tornem hidrossolúveis, para que sejam eliminadas por meio da urina, bile, suor e lágrimas”, disse a nutricionista Caroline. É baseada em alimentos que não deixam no organismo resíduos digestivos (como leite, farinhas, glúten e gorduras), sendo considerada uma dieta limpa, com ingredientes orgânicos, sem conservantes, corantes ou comidas congeladas, acrescentou o endocrinologista Assed. “Na maior parte das vezes, é composta por líquidos, sucos e caldos preparados no mesmo dia do consumo, que têm potencial de fazer uma desintoxicação do organismo. São alimentos ricos em antioxidantes naturais e com poder diurético e anti-inflamatório”, finalizou Assed.

2 – Quais são os benefícios da dieta detox?

Reduz a quantidade de radicais livres (que envelhecem as células), inchaço e excesso de oleosidade da pele, além de facilitar o processo de digestão e melhorar sintomas da tensão pré-menstrual, como listou o endocrinologista Assed. “Com a predominância de alimentos diuréticos em sua composição, em especial nos primeiros dias, mantém o corpo hidratado e favorece a eliminação de líquidos, o que pode promover uma redução no peso corporal total. Além disso, as preparações são ricas em frutas, legumes e verduras, fontes de fibras, que promovem a sensação de saciedade”, disse a nutricionista Caroline. A profissional ainda acrescenta à lista mais energia e bem-estar após se levantar e no fim do dia, diminuição de celulites e acne, sono melhor, redução de enxaquecas devido a hipersensibilidades e diminuição de dores de cabeça diárias.

Foto: iStock / Getty Images

foto: iStock/Getty Images

3 – A dieta detox tem pontos negativos?

Sim. “Se for feita por muito tempo, trará uma deficiência de nutrientes para o organismo”, afirmou o endocrinologista Cury. “Dependendo de como a dieta é elaborada, pode ser totalmente líquida, e não ser nutricionalmente completa. Pode ser hipocalórica e levar a pessoa a se sentir fraca durante a dieta”, acrescentou Assed. Outra desvantagem da dieta é a ausência do estímulo para a mastigação e, com isso, a sensação de saciedade não é estimulada, segundo a nutricionista Caroline.

4 – Dieta detox emagrece?

Sim, com a predominância de alimentos diuréticos e ricos em fibras em sua composição, em especial nos primeiros dias, a dieta favorece a eliminação de líquidos, o que pode promover uma redução no peso corporal total, como informou a nutricionista Caroline.

5 – Quanto tempo deve durar a dieta detox?

A dieta detox é de curta duração, mas cada profissional entrevistado indica um período. “Pode variar de um a dois dias, período em que somente líquidos são permitidos, ou até mesmo se estender por uma semana até 10 dias. Tudo dependerá de como seu metabolismo e seu organismo reagirá”, disse a nutricionista Caroline. “Geralmente, deve variar de um a 30 dias, esse é o tempo mais apropriado para que a pessoa sinta os benefícios da limpeza no organismo. Acima de 30 dias, os benefícios já são menores”, comentou Assed. “No máximo, uma semana, tempo necessário para promover um reequilíbrio do organismo”, opinou Cury. Se quiser apostar nela, procure ajuda de um profissional para ver o que é mais adequado para você.

6 - Se prolongar muito a dieta detox ou a fizer com frequência, o que pode acontecer?

Segundo a nutricionista Caroline, a pessoa pode apresentar mal-estar, fraqueza, tonturas, dores de cabeça, indisposição e até mesmo desmaio. “Outros problemas são hipoglicemia, anemia, baixa absorção de vitaminas lipossolúveis, formação de hormônios prejudicada, perda excessiva de líquido e sensação de saciedade é prejudicada. Isso pode acontecer devido à baixa densidade calórica ofertada, muito abaixo da recomendada para um adulto”, completou. “Acima de sete dias de duração, já pode começar a haver ação catabólica no organismo, levando à perda de massa magra (água e músculos)”, comentou o endocrinologista Assed.

Foto: iStock / Getty Images

foto: iStock/Getty Images

7 - Em que consiste a dieta detox?

Segundo a nutricionista Caroline, a dieta detox prioriza (por, no máximo, dois dias) o consumo exclusivo de líquidos, como sopas, sucos e chás, que possuem efeito diurético e, consequentemente, favorecem a eliminação de toxinas por meio da urina. Ao seguir a dieta por três dias ou mais, recomenda-se a inclusão de alimentos sólidos, como iogurte desnatado, filé de frango, peixe, frutas, legumes e verduras. “O consumo de água e água de coco também é estimulado durante a dieta, pois são responsáveis por manter o corpo hidratado e favorecer o equilíbrio de eletrólitos”, acrescentou a nutricionista.

8 – Quando fazer dieta detox?

“Quando a pessoa sentir que exagerou em um período, comeu muitas besteiras ou quer se preparar para algum evento especial”, disse o endocrinologista Cury. “A dieta detox é indicada para pessoas que sofrem com retenção de líquidos, que constantemente se alimentam na rua ou consomem comida congelada com frequência, mulheres que têm sintomas de TPM muito intensa, além de portadores de enxaqueca, dermatites e de doenças inflamatórias crônicas, como bronquite asmática, e atopia (alergias dermatológicas)”, completou Assed.

9 - É melhor fazer dieta detox antes ou depois das festas de fim de ano?

O ideal seria antes e depois, como informou o endocrinologista Cury. “Antes você já prepararia o organismo e poderia comer um pouco a mais nas festas. Depois, seria para recuperar a boa forma”, explicou.

Foto: iStock / Getty Images

foto: iStock/Getty Images

10 – Sucos detox realmente funcionam?

Sim, segundo os profissionais consultados. “Os sucos são grandes aliados na hora de desintoxicar o organismo, principalmente os diuréticos, que, além de purificar o organismo, agem no estimulo da saciedade por mais tempo”, explicou o endocrinologista Cury. O endocrinologista Assed indica os com chá-verde, água de coco, couve, acerola, pepino, maracujá, limão, hortelã, e aipo.

11 – Quais são os alimentos fundamentais da dieta detox?

O principal item para limpar o organismo é a água, como ressaltou a nutricionista Caroline. “Beba bastante água para esta dieta surtir efeito. Além disso, você pode consumir chá-verde, água de coco, limão, chá e maçã. Frutas, legumes e verduras 100% orgânicos, grãos integrais, castanhas, sementes, leguminosas, ovos caipiras, azeite, óleos extravirgens também são indicados.”

Foto: iStock / Getty Images

foto: iStock/Getty Images

12 – Quais alimentos devem ser evitados durante a dieta detox?

Os que possuem um grande teor calórico e são pobre de nutrientes, como doces, frituras, massas, de acordo com o endocrinologista Cury. Veja a lista apresentada pela nutricionista Caroline: farinha branca, açúcar, sal, café, carnes vermelhas, defumados, laticínios, embutidos, massas, bebidas alcoólicas, alimentos que contêm glúten, alimentos industrializados, excesso de sal, açucares e carboidratos refinados. “Também é recomendável não utilizar papel-filme nem papel-alumínio para envolver os alimentos, descartar medicamentos que não sejam estritamente necessários, evitar o uso do micro-ondas e de produtos de limpeza e cosméticos muito fortes”, acrescentou a nutricionista.

13 – Quais são os principais erros cometidos por quem quer investir em dieta detox?

“Investir numa dieta detox por um ou dois dias e, no dia seguinte, comer o dobro, ou ficar muito tempo em jejum, achando que perderá peso mais rápido”, respondeu o endocrinologista Cury. O endocrinologista Assed lembrou do erro de fazer dieta detox seguindo a receita de outra pessoa: “Cada um tem a sua individualidade nutricional e, às vezes, o que é bom para uma pessoa pode não ser bom para outra”. A nutricionista Caroline acrescenta à lista de equívocos o fato de ser extremamente radical, restringindo muitos grupos alimentares, e montar o cardápio por conta própria, sem consultar um profissional.

Foto: iStock / Getty Images

foto: iStock/Getty Images

14 - Quando não se está na dieta detox, é possível apostar em alguns de seus itens diariamente para ajudar?

Sim, os sucos, os caldos, os chás e as sopas podem ser incorporados à dieta normal do dia a dia, disse o endocrinologista Assed. “É um jeito de eliminar um pouco das toxinas do corpo absorvidas durante o dia. Podemos consumir um suco ou um chá detox nas refeições menores, chamada lanches intermediários, ou consumir uma sopa detox em uma das refeições principais, como almoço ou jantar”, disse a nutricionista Caroline. “Se você quer comer um pouco a mais no almoço, é bom ingerir um suco verde em jejum. Antes do treino, aposte mais em frutas ou vitaminas”, completou o endocrinologista Cury.

Foto: iStock / Getty Images

foto: iStock/Getty Images

Erros na dieta Erros na dieta

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade