Você sabe como surgiu o apelido "Tiradentes"?

José da Silva Xavier foi o principal líder da Inconfidência Mineira

21 abr 2017
08h00

Feriado nacional, 21 de abril foi o dia da execução de Tiradentes, apelido atribuído ao principal líder da Inconfidência Mineira. Você sabe qual é o significado do apelido de Joaquim José da Silva Xavier?

Nascido no dia 12 de novembro de 1746, na então Capitania de Minas Gerais, o inconfidente ganhou o apelido “Tiradentes” porque exerceu a profissão de dentista naquela época, mesmo sem ter estudado regularmente. A relação com a ocupação surgiu após a morte de seus pais, quando Joaquim ficou sob a tutela de seu tio e padrinho Sebastião Ferreira Leitão, que era cirurgião dentista.

Foto: Filipe Frazao / Shutterstock.com

Além de ter sido um dos maiores ativistas políticos durante o Brasil Colonial, o mineiro desempenhou várias profissões ao longo de sua vida. Ele foi minerador, tropeiro (condutor de tropas de animais, transportadoras de mercadorias) e até ambulante.

No entanto, Joaquim só obteve estabilidade financeira quando exerceu o posto de alferes (patente abaixo da de tenente) da cavalaria de Dragões Reais de Minas, a força militar atuante na Capitania de Minas Gerais e subordinada à Coroa Portuguesa.

A principal razão que o motivava a atuar contra o governo de Visconde de Barbacena e o Império Português juntamente com seus companheiros era a retirada das riquezas da região por meio de impostos excessivos.

Considerado o mais radical dos inconfidentes, Tiradentes  foi o único condenado à pena capital. O mineiro foi enforcado, decapitado e esquartejado. Para que os súditos da Coroa aprendessem a lição, sua cabeça foi encravada num poste em uma praça pública de Vila Rica e seus membros foram espalhados pela estrada que levava ao Rio de Janeiro.

FF

compartilhe

publicidade
publicidade