Dentes de leite X Dentes permanentes

Você já parou para se perguntar por que trocamos de dentição durante a vida?

17 mar 2017
08h00
  • separator
  • comentários

Você já parou para se perguntar por que trocamos de dentição durante a vida?

Quando crianças possuímos dentes decíduos (de leite) que com o passar do tempo, caem e dão lugar para os dentes permanentes. Com os cuidados adequados é esse segundo tipo de dentição que nos acompanha pelo resto da vida.

Os dentes de leite e permanentes têm diferenças além da idade em que surgem na boca. Confira as principais:

- Os pré-molares e sisos fazem parte só do grupo dos dentes permanentes;

A cor dos dentes decíduos é mais esbranquiçada. Por isso são chamados de dente de leite.
A cor dos dentes decíduos é mais esbranquiçada. Por isso são chamados de dente de leite.
Foto: George Rudy / Shutterstock

- A raiz do dente de leite é mais longa e mais fina que a dos permanentes;

- O tamanho também é muito diferente: dentes de leite costumam ser muito menores;

- As cáries têm mais facilidade de alcançar a polpa dos dentes de leite.

Os dentes decíduos servem como guia para que os dentes permanentes saibam em que direção nascer. Portanto, se os de leite caírem antes do tempo podem causar problemas de desenvolvimento para os que o substituirão. Por isso é importante manter os cuidados e higienização diariamente em qualquer idade.

FF

compartilhe

publicidade
publicidade