Fim do medo: o que você precisa saber sobre os dentes do siso

Os “dentes do juízo” são os quatro últimos molares da boca e geralmente aparecem entre os 16 e 20 anos de idade.

16 fev 2017
14h09
atualizado às 16h00

Todo mundo tem uma história que envolve o siso ou conhece alguém com um fato para contar sobre o nascimento desses dentes na boca. Porém, não precisa ter medo. Os sisos são os últimos dentes de cada lado de nossa arcada dentária (superior e inferior) e são os últimos a nascer. Até por isso são conhecidos como os “dentes do juízo”.

O aparecimento tardio é a principal causa de problema, tendo em conta que nessa faixa etária os dentes já estão acomodados na boca e, por isso, constantemente falta espaço. Mas não se assuste, o siso dá alguns sinais enquanto busca lugar para ficar na arcada dentária como inflamação, inchaço e dor.

Siso pode até atrapalhar o movimento da boca se a gengiva inflamar no início da erupção do dente.
Siso pode até atrapalhar o movimento da boca se a gengiva inflamar no início da erupção do dente.
Foto: pathdoc / Shutterstock.com

Histórico: os sisos faziam muito mais sentido para o ser humano de dois séculos atrás. Os dentes de leite eram perdidos muito cedo devido a cáries e placas bacterianas, então as chegadas dos últimos molares serviam para melhorar a mastigação. Atualmente nosso cuidado com a higiene bucal fez com que os sisos perdessem seu propósito.

Cirurgia: simples e rápida! O procedimento dura entre 30 minutos e uma hora, necessitando de anestesia local e a maior atenção é para recuperação: repouso absoluto e cumprir as ordens do dentista.

Como parte da evolução humana, algumas pessoas já nascem sem o siso ou com eles alinhados. Visite o dentista regularmente para monitorar o nascimento de seus “dentes do juízo”.

FF

compartilhe

publicidade
publicidade