6 fatos que você vai descobrir quando tirar o aparelho

O novo sorriso vai trazer muita alegria, mais autoestima e novos amigos, mas também algumas constatações não tão agradáveis

  • separator
  • comentários

Colocar aparelho ortodôntico é necessário para corrigir sorrisos desalinhados. Mas não há momento de maior alegria, principalmente para o paciente, do que quando chega o dia de tirá-lo. A partir daí, novas descobertas e experiências estão prestes a começar e a gente está aqui para te revelar algumas delas. Preparado?

Pode comemorar: amendoins, castanhas, balas, torresmo e espiga de milho estão liberados sem o risco de quebrar algum braquete!
Pode comemorar: amendoins, castanhas, balas, torresmo e espiga de milho estão liberados sem o risco de quebrar algum braquete!
Foto: Lucky Business / Shutterstock

1.Infelizmente, não acabou totalmente...
Calma, não precisa ficar triste, realmente o aparelho será removido e se você colaborar muito bem, nunca mais terá que usá-lo novamente. Mas dizer que o tratamento acabou definitivamente seria uma mentira. Ainda temos que passar pela contenção.

Segundo Letícia Squadroni, mestra e especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial, as contenções ortodônticas são instaladas imediatamente após a remoção do aparelho e servem para reforçar o posicionamento do dente conquistado durante o tratamento ortodôntico.

Mas isso também não dura para sempre. “A maioria dos ortodontistas solicita que os pacientes utilizem suas contenções pelo período de 2 anos, sendo de 6 meses a 1 ano de uso integral (24 horas diárias, removendo somente durante a alimentação e higienização dentária) e mais 1 ano de uso noturno, para dormir”, diz a especialista.

2. Talvez você não pare de sorrir e faça novos amigos
Com um novo sorriso será inevitável parar de sorrir e isso pode te trazer confiança e novos amigos, pelo menos é o que diz um estudo feito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Segundo essa pesquisa, o rosto, em especial o sorriso, tem papel significativo e influência direta nas relações sociais e na autoestima.

“Quando se remove o aparelho existe quase sempre uma grande alegria, pois os dentes estão esteticamente e funcionalmente melhores e isto promove uma grande satisfação aos pacientes”, diz Jorge Abrão, professor do Departamento de Ortodontia da FOUSP.

3.Você pode estranhar seu novo sorriso
Apesar da alegria total, é possível que a pessoa sinta certa "estranheza" para falar ou comer nos primeiros dias, afinal foram anos com dispositivos metálicos acoplados em todos os seus dentes. Há até quem diga que a sensação dos primeiros dias é de ter ficado banguela. Mas não se preocupe, isso é normal e passa logo.

4.E é possível que seus dentes estejam manchados
Sim, e se isso acontecer saiba que é bem possível que a culpa seja sua. João explica o porquê. “Isto geralmente acontece em pacientes que não tiveram uma boa higiene bucal durante o tratamento. E a reversão seria ele procurar um especialista para realizar algum procedimento de remoção das manchas com a colocação de resinas nas áreas afetadas”, diz o especialista.

5. Não, a higienização bucal não deve afrouxar
“Com a remoção do aparelho ortodôntico os cuidados com a higiene e escovação devem permanecer com a mesma intensidade a fim de evitar cáries, manchas ou gengivites que são prejudiciais a saúde bucal”, diz João. A única coisa que muda, e deve ser comemorada, é que agora ela voltou a ser menos complicada e não existirão mais pedaços de alfaces que ficarão presos entre os fios do aparelho.

6.Fim das restrições alimentares!
Pode comemorar: amendoins, castanhas, balas, pirulitos, torresmo e espiga de milho estão liberados sem o risco de quebrar algum braquete! Mas não se esqueça, tudo na vida é bom quando é feito com limite e cuidado. Alguns desses itens possuem alto teor de açúcar ou são tão duros que podem quebrar até um dente, portanto, vá com calma, afinal, depois de tanto tempo para conquistar o sorriso perfeito, você não vai quer estragá-lo na primeira semana, né?

Agência Beta

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade