Chiclete pode ajudar a reduzir dor causada por aparelho

Antiga vilã, a goma de mascar pode estimular a circulação do sangue na região do dente e remover a inflamação do local

20 set 2016
08h00
atualizado às 12h11

E se a gente te dissesse que aparelhos ortodônticos e goma de mascar podem ser uma dupla boa? Pois é verdade. Estudos realizados na Inglaterra entre 2012 e 2016 observaram que mascar chiclete pode ter um efeito na redução da dor causada por esses dispositivos.

O estudo foi feito com chicletes que são adoçados com Xilitol e Maltitol, substâncias que podem ajudar na redução de cáries e até no controle da gengivite
O estudo foi feito com chicletes que são adoçados com Xilitol e Maltitol, substâncias que podem ajudar na redução de cáries e até no controle da gengivite
Foto: Ines Bazdar / Shutterstock

A pesquisa analisou 1000 pessoas que usavam aparelhos. Para uma metade delas foi dado chicletes sem açúcar e para a outra não foi dado nada. Após um período, os cientistas avaliaram que o primeiro grupo se queixou menos de dor em comparação ao segundo.

Para os pesquisadores, isso aconteceu porque a mastigação estimula a circulação do sangue na região adjacente ao dente. “Com isso, as substâncias responsáveis pela inflamação causada pela ativação do aparelho ortodôntico seriam removidas do local pela própria circulação sanguínea. Mas é importante que seja dito que esse efeito varia muito de paciente para paciente”, diz Alexandre da Veiga Jardim, ortodontista de Goiânia e autor do blog Ortodontia Descomplicada.

Os pesquisadores também observaram que as pessoas que mascaram chicletes usaram menos analgésicos do que as que não mascaram. ”Isso é interessante, pois pode ser uma alternativa a ser tentada antes de o paciente recorrer ao uso de medicamentos”, diz o especialista.

Não é inimigo
Além disso, esse estudo confrontou uma tese forte que há anos existe contra as gomas de mascar. Pacientes que mascaram chiclete quebraram a mesma quantidade de peças do aparelho que pacientes que não mascaram, ou seja, aquela velha ordem que proíbe chicletes para usuários desse dispositivo alegando aumento dos danos às peças pode estar com os dias contados.

“Porém, isso se aplica somente a chicletes. Balas continuam a não ser recomendadas, pois alimentos duros e grudentos tendem a quebrar o aparelho”, diz Alexandre.

Não vale qualquer um
Mas o estudo não foi feito com qualquer chiclete e sim com os que são adoçados com Xilitol e Maltitol, substâncias que podem ajudar na redução de cáries e até no controle da gengivite.

“Se o paciente mascar chicletes com teor elevado de açúcar pode estar correndo mais risco de desenvolver cáries e manchas brancas nos dentes”, diz Alexandre.

Inimiga número um
A dor é um dos motivos mais citados que levam pacientes a evitar iniciar um tratamento ortodôntico. Iniciada algumas horas depois de ativado o aparelho, ela pode causar um desconforto bem forte e atrapalhar atividades básicas do ser humano como falar, comer e até se concentrar.

“Por isso, se o ortodontista realmente tiver meios alternativos que possam reduzir a dor, é importante que sejam utilizados, até porque medicamentos não devem ser usados indiscriminadamente”, diz o especialista.

Fonte: Agência Beta Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.

compartilhe

publicidade
publicidade