Óleo de coco ajuda no combate da cárie, diz estudo

Misturado com enzimas, esse óleo seria capaz de impedir a evolução da bactéria que causa o problema

21 nov 2016
08h00
  • separator
  • comentários

Quem gosta de soluções naturebas para problemas de saúde vai adorar essa. Cientistas irlandeses descobriram que o óleo de coco pode ser um grande aliado no combate à bactéria Streptococcus, uma das principais causadoras da cárie. Segundo eles, essa solução natural seria capaz de inibir a evolução desse tipo de microrganismo.

Não é o óleo de coco puro que tem esse efeito contra as bactérias, mas sim uma versão dele tratada com enzimas semelhantes ás que são usadas na digestão
Não é o óleo de coco puro que tem esse efeito contra as bactérias, mas sim uma versão dele tratada com enzimas semelhantes ás que são usadas na digestão
Foto: mypokcik / Shutterstock

Hoje em dia já é mais do que sabido que a causa da cárie é a colonização de áreas dentais por bactérias que utilizam restos de carboidratos e açucares para produzirem energia, liberando assim, principalmente, o ácido lático como subproduto do metabolismo celular através do processo de fermentação. Dentre estas bactérias podemos destacar o Streptococcus mutans e os Lactobacillus spp.

Por isso, essa associação de uma substância tão simples com o combate de um problema tão comum pode ser a salvação do sorriso de muita gente por aí, afinal, a deterioração dos dentes é um problema que atualmente afeta de 60 a 90% das crianças de países industrializados.

Óleo com enzimas
Mas essa pesquisa, que foi apresentada da Conferência da Sociedade de Microbiologia, destaca que não é o óleo puro que tem esse efeito contra as bactérias, mas sim uma versão dele tratada com enzimas semelhantes ás que são usadas na digestão.

Kaue Campos Pavanello, cirurgião-dentista e Diretor Clínico da Omne Odontologia Integrada, acredita que a pesquisa tem fundamento. “Este subproduto do óleo de coco pode ser um potente bactericida matando as bactérias causadoras da cárie, no caso os Streptococcus”, diz o especialista.

Aftas não!
No entanto, ele discorda de outro ponto da pesquisa, que afirma que o mesmo produto também poderia evitar o aparecimento de aftas.

“Com relação a afta acredito que seja um pouco mais complexo afirmar que existe a prevenção destas ulceras na cavidade oral, primeiro por que não se sabe a causa delas e segundo por que a afta teria um componente auto imune, ou seja, seria causada pelo próprio organismo”, diz Kaue.

Ele acredita que o óleo de coco seria mais eficiente para acelerar o processo de reparação dessas lesões. “Após o aparecimento da úlcera na cavidade oral as bactérias que colonizam a boca aproveitam a oportunidade e infectam a área, fazendo com que haja uma infecção local. Sem essa infecção, a reparação do tecido será muito mais rápida”, diz o especialista.

Óleo no dia-a-dia
Se a descoberta se cosolidar, a sugestão dos cientistas responsáveis por essa pesquisa é colocar esse óleo tratado com enzimas em cremes dentais ou como um acessório durante o processo de higiene bucal.

Enquanto isso não acontece, uma coisa é certa: quando o assunto é combate à cárie a melhor coisa ainda é manter uma boa higiene bucal. Essa é a opinião de 10 entre 10 dentistas.

“Sem dúvida alguma o que é realmente eficaz no combate a cárie é a remoção mecânica das bactérias utilizando fio dental e escova. Também ajuda a utilização de creme dental fluoretado que, além de contribuir com o aumento do pH da boca, reforça o esmalte do dente, diminuindo a susceptibilidade aos ataques ácidos das bactérias”, diz Kaue.

Mas frequentar o dentista a cada seis meses também é de extrema importância. “A remoção mecânica da placa bacteriana pelo profissional minimiza a chance de desenvolver a cárie, além de outras manobras que podem ser feitas, como a aplicação de flúor tópica, selamento de fissuras nos dentes, entre outras”, diz Kaue.

Fonte: Agência Beta Este conteúdo é de propriedade intelectual do Terra e fica proibido o uso sem prévia autorização. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade