0

Surto de gripe aviária faz com que Japão sacrifique 80 mil frangos

16 jan 2017
00h03
  • separator
  • comentários

As autoridades da Prefeitura de Gifu, no sul do Japão, concluíram nesta segunda-feira o sacrifício de 80 mil frangos em uma fazenda da região na qual se detectou no sábado passado uma variante altamente patógena do vírus da gripe aviária.

Cerca de cem frangos que foram encontrados mortos nesta fazenda da cidade de Yamagata, e a maioria dos exemplares analisados deu positivo no teste que detecta a presença do subtipo H5 do vírus.

As autoridades de saúde locais já realizaram inspeções em quatro fazendas das 13 situadas em um raio de dez quilômetros em torno da granja afetada e continuarão com as revisões nesta segunda-feira à espera de realizar análises pertinentes em todas elas, a fim de comprovar se a doença se espalhou pela região.

Do mesmo modo, foi proibido o movimento de aves e ovos no mencionado raio de dez quilômetros em torno da fazenda afetada pelo vírus, informou a agência de notícias "Kyodo".

Desde novembro do ano passado, o subtipo altamente patogênico H5 da gripe aviária foi detectado também em fazendas avícolas de Hokkaido e Aomori (norte), Niigata (noroeste) e em Kumamoto e Miyazaki (sudoeste), e o número de aves sacrificadas desde então já supera o milhão.

Trata-se da primeira vez que o vírus reaparece no Japão desde o final de 2014, e do pior surto desde 2011, quando o foco detectado em fazendas da província de Miyazaki (sudoeste) obrigou o sacrifício de cerca de 700 mil aves.

EFE   
  • separator
  • comentários
publicidade